Desafios da Vida Universitária

Essa pergunta, tão casual, pode ser fonte de grande ansiedade para aqueles que precisam respondê-la. As expectativas dos familiares, amigos e colegas se somam à pressão interna do jovem que precisa tomar essa importante decisão. Há também o medo do desconhecido, da mudança, da adaptação. Além disso, o cristão também se preocupa com o impacto que a vida universitária trará para a sua fé. É possível ser cristão na universidade?

É inegável que o ambiente universitário apresenta novos desafios para o crente. E que, se ele não estiver preparado, esses desafios podem, sim, afastá-lo de Deus e conduzi-lo a um estilo de vida totalmente oposto às Escrituras. Entretanto, não precisa ser assim. É possível passar por esse período da vida (e por qualquer outro) sem abandonar a fé. Aqui, deixaremos três conselhos para lhe auxiliar nessa nova fase.

1. Não se apavore. É normal ter sentimentos de insegurança ao ingressar no ambiente universitário. É normal ter dúvidas e inquietações. Isso não é algo ruim em si mesmo e, por isso, não precisa causar um medo exagerado. Seja sincero com Deus a respeito de suas dúvidas, entendendo que todos passam por isso. Encare a insegurança como uma oportunidade de aprender a depender mais de Deus. Busque, na Palavra e em oração, respostas às suas dúvidas. Fazendo isso, sua fé se fortalecerá, ao invés de desvanecer.

2. Cuide do seu coração. Esse sempre será o maior desafio, seja na universidade, no emprego, nos momentos de lazer, em meio às dificuldades e alegrias. Pense no seu tempo na universidade como uma oportunidade de glorificar a Deus. Entenda que, sim, sua formação é importante, mas não é sua prioridade. Sua prioridade é buscar ao Senhor e servi-lo. Sirva ao Senhor na universidade, dando um bom testemunho. Ore por seus colegas e professores. Não deixe de se alimentar da Palavra.

3. Não lute sozinho. Encontre outros cristãos universitários, para que vocês possam encorajar uns aos outros nas situações desafiadoras e alegrarem-se juntos nas vitórias. Além disso, não deixe de congregar. Caso precise mudar de cidade para estudar, procure uma igreja, a fim de ter comunhão com os irmãos e ser instruído na Palavra. Tenha com quem compartilhar a vida, pessoas que o sustentem com suas orações.

DICA BÔNUS: Saiba que não é necessário ingressar na universidade imediatamente após concluir o Ensino Médio. Não é errado esperar, fortalecer a fé e colecionar experiências, de modo a se sentir mais preparado e confiante para enfrentar os desafios da vida universitária.

Quando alguém decide fazer uma pausa entre a escola e a universidade, costuma-se chamar esse período de gap year (por muitas vezes durar em torno de um ano). O Live é o gap year missional do Seminário Teológico de Gramado, com duração de 6 meses a 1 ano, que visa preparar jovens para viver uma vida cristã íntegra. Os alunos do Live adquirem conhecimento bíblico ao mesmo tempo em que o colocam em prática na igreja local e em projetos sociais, além de fazerem amigos para a vida toda.

 

E aí, já sabe o que vai fazer depois do Ensino Médio?

Texto: Luiza Zagonel

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
jÁ CONHECE NOSSO PODCAST?
Nos siga nas redes sociais
confira agora
Posts Recentes
Artigo

Pastor, onde está o seu coração?

“Aquele que mantém seu coração distante do Senhor
demonstra que faz da humanidade mortal a sua força.”

Sabe aquele tipo de comentário que você não planeja ouvir, porém, por estar passando perto, acaba escutando? Pois é, certa vez ouvi dois cristãos conversando sobre um verso do livro do profeta Jeremias que diz o seguinte: “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor.” (Jr 17.5).

LEIA MAIS »
Artigo

Eu-igreja caminhando na cidade

Eu-igreja estava caminhando na cidade um dia desses. Coisa pouca, trivial, uma ida ao supermercado mais próximo.
Na volta, tomei o caminho que sempre faço, dessa vez pelo lado oposto da rua. Se eu pudesse contar o quanto sou observadora ou o quanto fui exercitada para olhar aquilo que é aparentemente comum, talvez você consiga imaginar o tamanho da minha surpresa ao perceber o Outro Lado — vou chamar assim.

LEIA MAIS »
Artigo

Mães pela Graça

Neste Dia das Mães, queremos celebrar a vida daquelas que receberam do Senhor essa responsabilidade e privilégio. Sabemos que nem sempre é tarefa fácil; mas Deus concede graça, dia após dia. Podemos ver o agir de Deus na vida de muitas mães na Bíblia e na história, aprendendo com o exemplo dessas mulheres.

LEIA MAIS »
Artigo

E sobre a Páscoa?

Pense por um instante na mistura de sentimentos que um pastor enfrenta ao ser convocado para pregar em datas de altíssima importância. Por onde começar? Ao mesmo tempo que são inúmeras as mensagens e conteúdos sobre o tema, vistos de diferentes ângulos, também é imensa a alegria de recontar e refletir acerca de celebrações como o Natal e a Páscoa. O coração arde diante do privilégio de conduzir as pessoas ao entendimento profundo de como o maior problema humano foi solucionado. Eis a questão sobre a Páscoa, nestes dias que a antecedem.

LEIA MAIS »
Artigo

Educação Transformadora

A TeachBeyond, organização que sedia o Seminário Teológico de Gramado, é um ministério que trabalha com educação transformadora. Nos 61 diferentes países onde estamos, existem pessoas trabalhando pela edificação em Cristo por meio da educação, promovendo um crescimento em todas as áreas da vida do ser humano. Acreditamos no impacto da educação na sociedade, bem como entendemos que os efeitos do relacionamento com Deus são percebidos na cultura, na igreja e na família. Mas de qual educação estamos falando? Melhor ainda, que tipo de transformação desejamos?

LEIA MAIS »
Artigo

Dia da Educação Cristã

No dia 11 de março comemora-se no Brasil o Dia da Educação Cristã. Nesse dia, em 1822, nasceu José Manoel da Conceição, o primeiro brasileiro ordenado pastor protestante. De origem católica, o então padre teve sua compreensão a respeito das Escrituras transformada pelo contato com missionários presbiterianos. Depois de abandonar o catolicismo e ser ordenado ministro presbiteriano, passou a viajar pelo país ensinando o Evangelho; sua paixão era levar a Palavra de Deus aos brasileiros.

LEIA MAIS »

Quer saber mais sobre o STG e nossos cursos?